27.04.2018 | 11h58

Da Vera: O que une Temer, Dilma e Lula

“Eu sou você ontem.” O pronunciamento de Michel Temer tem pelo menos quatro linhas comuns a falas similares de Lula e Dilma Rousseff em momentos em que eram eles no foco das investigações.

São eles: 1) culpar a imprensa por dar espaço a “vazamentos seletivos”, um clássico absoluto; 2) pedir investigação do ministério sobre a Polícia Federal; 3) reclamar das tentativas de se atingir a honra e/ou a família; 4) dizer que os investigadores querem manchar a imagem do Brasil no exterior e, 5) dizer que os ataques atingem a instituição da Presidência da República. Das duas, uma: ou falta criatividade aos marqueteiros do poder ou os políticos são menos diferentes do que querem fazer parecer. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO