05.10.2018 | 08h07

Da Vera: Nenhum debate direto entre os líderes

O eleitor vai às urnas no domingo sem ter assistido a um único confronto direto entre os dois líderes nas pesquisas. A saída de cena de Jair Bolsonaro em razão do atentado que sofreu praticamente coincidiu com a entrada de Fernando Haddad na disputa, no lugar de Lula. É ruim para o processo de escolha que não se tenha assistido a nenhum debate entre ambos, principalmente porque a polarização entre eles é o que move o voto em 2018.

Sem uma discussão direta, o embate entre aqueles mais cotados para presidir o País nos próximos quatro anos ocorre por meios indiretos –entrevistas, propagandas, postagens nas redes sociais– e, muitas vezes, eivado de fake news, mistificação e simplificações grosseiras de ambos os lados. / Vera Magalhães


VOLTAR PARA O ESTADÃO