06.09.2018 | 16h38

Da Vera: Não há como relativizar facada

Não é possível relativizar uma facada. Seja em quem for. Assim como não era possível relativizar o assassinato de Marielle. Quem faz uma coisa ou outra não percebe que está relativizando o próprio estado democrático de direito.

Discursos segundo os quais Bolsonaro ou Mariele “plantam o que colhem” são discursos antidemocráticos e devem ser repudiados por todos aqueles que têm responsabilidade. / Vera Magalhães


VOLTAR PARA O ESTADÃO