10.01.2019 | 14h51

Da Vera: Bretas, um juiz fora do tom

Nos últimos meses chama a atenção a quantidade de manifestações, postagens e atitudes fora do que se espera de um juiz adotadas pelo responsável pela Lava Jato no Rio, Marcelo Bretas.


Depois de posar em avião da FAB ao lado do governador do Rio, Wilson Witzel –não importa que ele tenha sido juiz, agora é o chefe do Executivo fluminense, enquanto Bretas é responsável por vários processos que têm o governo como foco–, agora Bretas se põe a fazer perorações sobre o timing de cobranças a Jair Bolsonaro! Se quer entrar para a política, Bretas tem como opção fazer como Sérgio Moro: se exonerar do cargo. Caso contrário, essas manifestações são absolutamente inoportunas e prejudiciais à Lava Jato. / Vera Magalhães

 

VOLTAR PARA O ESTADÃO