07.11.2018 | 16h27

Da Vera: As vantagens de sair da bolha

Bastaram dois dias em Brasília, fora da bolha em que esteve imerso desde o atentado –cercado primeiro de cuidados médicos, depois apenas de apoiadores e falando sobretudo pelas redes sociais– para que Jair Bolsonaro comece a demonstrar compreensão de que a realidade de governo será diferente da retórica exacerbada dos palanques.

Seja na maneira como se aproximou de autoridades como Dias Toffoli –a quem prometeu consultar antes de tomar iniciativas, algo que deve ter deixado perplexa a turba fanática da internet– ou na reavaliação de promessas de campanha de difícil execução, Bolsonaro parece ir percebendo que terá de modular os arroubos, ouvir os divergentes e mediar conflitos na própria equipe. Algumas das obrigações que vêm no pacote presidencial. / Vera Magalhães


VOLTAR PARA O ESTADÃO