12.10.2018 | 16h44

Da Vera: A frente tirou férias

A “frente democrática” imaginada pelo PT para o segundo turno em apoio a Fernando Haddad parece ter emendado o feriado: Ciro Gomes se mandou para a Europa, Marina Silva se recolheu a seu silêncio inter-eleições, e Fernando Henrique Cardoso não se manifestou. Restou a Haddad, por ora, um aliado de “peso”: Guilherme Boulos, o candidato com pior desempenho da história do PSOL. O PT terá e buscar outro discurso para tentar alavancar seu candidato no segundo turno, porque o de todos contra Bolsonaro não se efetivou. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO