22.05.2018 | 18h38

Dá pra rir, dá pra chorar

O lançamento da candidatura de Henrique Meirelles mostrou que já há dissidências internas no MDB. Senadores como Renan Calheiros, Eunício Oliveira e Roberto Requião não deram as caras por lá.

A surpresa foi a presença do deputado baiano Lucio Vieira Lima, que virou réu ao lado do irmão Geddel Vieira Lima no caso dos R$ 51 milhões que foram achados num apartamento em Salvador. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO