06.04.2018 | 13h47

Dá para rir, dá para chorar

Se o pedido de prisão do ex-presidente Lula causou comoção entre os petistas, na Bahia, pelo menos, o partido tem motivos de sobra para rir.

Aliados do governador Rui Costa (PT) acreditam que, agora, a reeleição será muito mais fácil com a decisão de hoje do prefeito de Salvador, ACM Neto, de não concorrer ao governo.


Mais conteúdo sobre:

eleições na BahiaACM NetoRui Costa
VOLTAR PARA O ESTADÃO