23.08.2018 | 19h53

CV interfere em eleição no Ceará

A Procuradoria Regional Eleitoral do Ceará (PRE-CE) está preocupada com a interferência de facções criminosas nas eleições, como publicado pelo jornal O Povo. Uma circular assinada pelo Comando Vermelho, que foi entregue anonimamente à procuradoria, diz que a facção está “contra políticos que apoiam a ditadura, a tortura e a invasão de casas por policiais” e que “qualquer panfleto, placas, faixas, comício ou evento” destes políticos devem ser destruídos.

Na última segunda-feira, 20, o procurador regional eleitoral Anastácio Tahim solicitou ao TRE-CE o envio de tropas federais para garantir a segurança do pleito.  Um depoimento prestado ao MP-CE em outra investigação, falando de financiamento político por facção criminosa, também embasa o pedido


VOLTAR PARA O ESTADÃO