07.02.2019 | 09h02

Cúpula do Senado reúne 8 alvos da Justiça

Dos 11 parlamentares que vão comandar o Senado nos próximos dois anos, oito têm problemas com a Justiça, já foram denunciados ou condenados. A começar do presidente, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que responde a dois inquéritos no Supremo, que apuram irregularidades como a utilização de notas fiscais falsas na campanha de 2014, quando foi eleito senador. Ele também é alvo de processo no TSE, que poderá cassar o seu mandato. Alcolumbre não respondeu ao Estadão sobre os processos.


VOLTAR PARA O ESTADÃO