30.08.2018 | 17h14

Cunhado é parente ou não é?

Durante a entrevista ao Jornal Nacional na quarta-feira, 29, o presidenciável Geraldo Alckmin, do PSDB foi questionado mais uma vez sobre o suposto envolvimento de seu cunhado Adhemar Cesar Ribeiro no recebimento de doações não declaradas para suas campanhas ao governo paulista em 2010 e 2014, conforme delação de funcionário da Odebrecht.

“Isso é mentira. Minhas campanhas sempre foram simples e dentro da lei”, afirmou. “É a Justiça que está dizendo. Nós temos que respeitar a Justiça.” Pelo sim, pelo não, diante do desconforto causado pelo caso, talvez Alckmin devesse repetir a velha frase cunhada por Leonel Brizola, ex-governador do Rio e do Rio Grande do Sul, para se distinguir de João Goulart, irmão de sua mulher Neusa, em meados dos anos 1960: “Cunhado não é parente”. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO