30.08.2018 | 16h38

Cunhado de Alckmin admite reuniões

Apontado por delatores como arrecadador de caixa 2 para a campanha de Geraldo Alckmin (PSDB), em 2010, Adhemar César Ribeiro, cunhado do tucano, admitiu à Justiça que agendava reunião com empresários para discutir doação de campanha, mas sempre dentro da legalidade, informa O Globo.

As suspeitas que recaem sobre o irmão de dona Lu, mulher de Alckmin, foram tema de pergunta da bancada do Jornal Nacional em sabatina na noite de quarta, 29. O presidenciável respondeu tratar-se de “mentira” dos delatores. O depoimento de Ribeiro tramita em sigilo.


VOLTAR PARA O ESTADÃO