14.06.2018 | 06h19

Cunha e Geddel: a ‘zaga’ de R$ 105 mi

Poucas duplas de zaga das seleções da Copa, que começa hoje, valem tanto quanto Eduardo Cunha e Geddel Vieira Lima, cuja atuação na Caixa teria rendido R$ 105 milhões em propina.

A conclusão consta de relatório da Polícia Federal na operação Cui Buono, informa o Estadão. O mesmo relatório cita o caso J&F para dizer que há indícios probatórios suficientes para sustentar que Michel Temer cometeu obstrução à Justiça ao agir para comprar o silêncio de Cunha.


VOLTAR PARA O ESTADÃO