23.10.2018 | 09h06

Cuidado com a faxina

“Perto do poder, Jair Bolsonaro recita com desenvoltura a cartilha de líderes autoritários. Além dos frequentes sinais de desapreço pelas instituições do país, o candidato agora indica que pretende perseguir opositores e penalizar quem contraria seus interesses políticos”, escreveu Bruno Boghossian na Folha.

Ao relembrar as mais recentes declarações de Jair Bolsonaro (PSL), o colunista diz que se o candidato aceitou participar de uma eleição democrática, precisará se acostumar com o contraditório, que caracteriza esse jogo.


VOLTAR PARA O ESTADÃO