05.11.2018 | 19h49

Crítica de Bolsonaro à ‘doutrinação’ do Enem

O presidente eleito Jair Bolsonaro criticou a “doutrinação desacerbada” do Enem e reforçou a crítica feita por seu filho Eduardo à questão sobre a linguagem  sobre o Pajubá, o “dialeto secreto” utilizado por gays e travestis.

“Uma questão de prova que entra na dialética, na linguagem secreta de travesti, não tem nada a ver, não mede conhecimento nenhum. A não ser obrigar para que no futuro a garotada se interesse mais por esse assunto”, afirmou Bolsonaro em entrevista ao apresentador José Luiz Datena, da TV Bandeirantes, nesta segunda-feira, 5. “Temos que fazer com que o Enem cobre conhecimentos úteis.” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO