17.11.2018 | 08h19

Crise no Trabalho

Nova crise no Ministério do Trabalho. Agora causada por um áudio enviado pelo secretário executivo da pasta, Admilson Moreira, a um grupo de WhatsApp. A mensagem indica aparelhamento da máquina pública por partidos que comandaram o ministério como PT, PDT, Solidariedade, PTB, além da Força Sindical e da bancada evangélica.

No áudio, Moreira afirma que precisa participar da transição para poder defender a manutenção do ministério. Ele acusa o coordenador de assuntos jurídicos de Bolsonaro, Pablo Tatim, de querer “fatiar” a pasta, segundo a Coluna do Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO