14.02.2019 | 12h14

Crise faz ruído, mas mercado quer saber de proposta da Previdência

A crise interna que pode acabar causando a saída do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, faz ruído, mas não é a preocupação central do mercado nesse momento. O foco da atenção dos investidores é saber qual será a palavra final do presidente Jair Bolsonaro sobre a proposta de reforma da Previdência: se vai apoiar a proposta com mudanças mais profundas defendida pela equipe econômica ou se cederá à ala política, suavizando o texto, inclusive, na questão da idade mínima de aposentadoria.

O mercado só ficará mais agitado com a briga de Bebianno, se ela, por algum motivo, acabar respingando no próprio Bolsonaro e cause instabilidade no governo. Do contrário, o foco segue sendo na discussão sobre a Previdência. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO