07.02.2019 | 09h20

Crime e dívida

“Pode-se gostar ou não do governo Bolsonaro, mas é difícil negar que ao se iniciar, de fato, na segunda-feira passada, pretendeu ir de frente à questão. Ela se chama crime e dívida”, escreveu William Waack no Estadão.

O colunista alerta que para que o governo tenha o caminho livre para tocar esses assuntos, é necessário que as pautas de costumes fiquem em segundo plano. Mesmo que isso venha a irritar os ideólogos de plantão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO