11.02.2019 | 18h41

CPI da ‘Lava Toga’ arquivada

Durou pouco a proposta de abertura de uma CPI no Senado para investigar um suposto “ativismo judicial” nos tribunais superiores. Como vários dos parlamentares que tinham dado suas assinaturas a favor da proposta mudaram de ideia e retiraram seus nomes, o pedido ficou aquém dos 27 apoiamentos necessários para que a comissão pudesse ser instalada. Sem as assinaturas, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), acabou arquivando o pedido.

Na verdade, a CPI apresentava um erro na sua origem já que propunha investigação contra tribunais superiores, o que não caberia ao Senado. A pressão política contra a comissão também foi forte a partir do momento em que as assinaturas a favor da instalação começaram a aparecer. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO