29.07.2018 | 10h49

Corte de ministérios agrada ao centro e à direita

A redução no número de ministérios, principalmente sob a promessa de enxugar a máquina pública, é uma bandeira que causa bastante polarização. Como mostra reportagem do Estadão, enquanto os partidos identificados ao centro e à direita são favoráveis ao corte no número de pastas, com redução para até 12, a esquerda defende mantê-las e, em alguns casos, até reativar algumas que foram extintas.


VOLTAR PARA O ESTADÃO