08.02.2019 | 18h08

Corregedoria da Receita mobilizada por Gilmar

O secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, determinou nesta tarde de sexta, 8, que a Corregedoria da instituição apure a investigação que auditores fiscais da Receita Federal fizeram sobre a vida financeira do ministro Gilmar Mendes exposta em relatório obtido pela revista Veja com indícios de “focos de corrupção, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio ou tráfico de influência”.

Após reação de Gilmar, o ministro Dias Toffoli mobilizou Cintra, a procuradora-geral da República e o Ministério da Economia para esclarecer a motivação dos auditores. A pasta de Paulo Guedes divulgou, na sequência, a seguinte nota: “O secretário Especial da Receita Federal, Marcos Cintra, tomou conhecimento dos fatos narrados pelo ministro Gilmar Mendes e que foram objeto de comunicação enviada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministro Dias Toffoli, recebida nesta data. O secretário determinou, imediatamente, que a Corregedoria da Receita Federal inicie a devida apuração dos mesmos. A decisão tomada pelo secretário especial da Receita Federal foi ratificada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, ao tomar conhecimento do Ofício nº 021/2019-GP, também encaminhado pelo Presidente do STF e que trata dos mesmos fatos”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO