25.10.2018 | 13h14

Coronel que ofendeu Rosa ataca o STF

O coronel da reserva Antônio Carlos Alves Correia, que é alvo de uma investigação no Ministério Público Militar por ofender a ministra Rosa Weber, voltou a fazer ofensas pela internet a ministros do STF. Em um dos vídeos, segundo ele, os togados “cobram propina para liberar habeas corpus”. Afirma que, após ter a “voz ecoada no Supremo”, recebeu ameaças de Gilmar Mendes, de quem diz não ter medo.


No segundo vídeo, em que afirma que se lançará à política em 2020, ele chama o ministro Celso de Mello de “fariseu hipócrita” (minuto 6’44”). Nessa gravação, pede desculpas à ministra Rosa Weber. “Me perdoe por eu ter exagerado no meu trato com a senhora”, diz.

 

VOLTAR PARA O ESTADÃO