03.01.2019 | 10h43

‘Contaminação ideológica no Itamaraty’

“O chanceler Ernesto Araújo quer transformar o Itamaraty em um mero departamento de relações públicas da direita. O ministro mostrou em seu discurso de posse que pretende mover as ligações do Brasil com o mundo a partir de valores conservadores que não têm conexão com a política externa”, escreveu Bruno Boghossian na Folha.

O colunista aponta que Araújo corre o risco de repetir justamente aquilo que ataca em seus opositores. O chanceler repete a cartilha e as falsas polêmicas do ideólogo Olavo de Carvalho, responsável por sua indicação ao cargo, para dizer que pretende combater a contaminação ideológica no Itamaraty.


VOLTAR PARA O ESTADÃO