03.10.2018 | 06h13

Contagem regressiva do BR18: faltam 4 dias

A campanha na TV chega ao fim na quinta-feira sem ter produzido, na disputa presidencial, nenhum efeito relevante. Após a expectativa inicial quanto à hegemonia que o tucano Geraldo Alckmin teria na propaganda, e se isso seria o suficiente para impulsioná-lo nas pesquisas, o horário eleitoral foi deixando até de provocar discussões na imprensa e nas redes sociais. Talvez sua maior contribuição tenha sido à estratégia do PT, por permitir a “transformação” de Lula em Fernando Haddad para o eleitorado do Nordeste, onde a TV aberta ainda tem um peso importante. / Vera Magalhães


VOLTAR PARA O ESTADÃO