21.09.2018 | 06h13

Contagem regressiva do BR18: faltam 16 dias

O primeiro debate com a participação de Fernando Haddad mostrou candidatos contidos nos ataques, por conta do ambiente da basílica de Aparecida e o fato de ser a Igreja a promotora do evento, mas ainda assim houve momentos de embate entre o petista e Geraldo Alckmin e Henrique Meirelles –ambos por iniciativa de Haddad. Jair Bolsonaro foi alvo de críticas de Marina Silva, Meirelles e Guilherme Boulos, mas em momentos pontuais. Ainda haverá três confrontos desse tipo: do SBT, no dia 26, da Record, no dia 30, e da Globo, no dia 3 de outubro. Por ora, os ataques mais virulentos ficam por conta da propaganda eleitoral, terreno em que Jair Bolsonaro continuará sendo o alvo preferencial. / Vera Magalhães


VOLTAR PARA O ESTADÃO