21.11.2018 | 14h32

Consulta a filho de Bolsonaro sobre Secom

O advogado Gustavo Bebianno, ex-presidente do PSL e confirmado nesta quarta-feira, 21, como ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência do governo Bolsonaro, afirmou em entrevista que a Secretaria de Comunicação (Secom) permanecerá ligada à Pasta.

Segundo ele, o responsável pela comunicação do governo — alvo de muita especulação nos últimos dias — será escolhido após conversa com o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente eleito. O próprio Carlos, que administra as redes sociais do pai, é um dos nomes cotados para assumir o cargo, segundo o Estadão. “Ele sempre esteve à frente dessa comunicação. É uma pessoa muito importante para a equipe e desenvolveu um trabalho brilhante”, afirmou. “Talvez, sem ele, a campanha não tivesse se desenvolvido tão bem. Então, isso será discutido com ele e com o presidente.” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO