28.03.2018 | 21h32

Congresso dá sinais conflitantes sobre 2ª instância

  • Três PECs que defendem a prisão de réus condenados em segunda instância têm causado reações diferentes no Congresso nos últimos dias.

Enquanto a proposta de Alex Manente (PPS-SP) ganhou força e foi protocolada na Câmara após Sérgio Moro defender a mudança, o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) reclamou ao BR18 que o Senado “Ignorou ou não quis se comprometer” com PEC de sua autoria, de 2011, sobre o mesmo tema. Uma terceira proposta, de autoria de Álvaro Dias (Podemos/PR), nunca tramitou oficialmente e perdeu apoio de três parlamentares recentemente.


VOLTAR PARA O ESTADÃO