22.11.2018 | 12h44

Confuso, Bannon chama Bolsonaro de Botolini

Após ter sido enxotado da Casa Branca por Donald Trump, a quem ajudou eleger utilizando dados de usuários do Facebook, o empresário Steve Bannon tenta colocar de pé uma consultoria política, com sede na Bélgica, para auxiliar governos populistas de direita. Um editor do jornal The Guardian teve a chance de conhecer o local e passar quatro meses como carrapato do ex-colaborador da Cambridge Analytica e ex-editor do site de extrema direita Breitbart.

Numa das conversas com o jornalista, Bannon falava do “ex-paraquedista do Exército” eleito no Brasil. Questionado sobre o nome do presidente brasileiro, Bannon, “confuso”, respondeu: Botolini, informa a publicação britânica. O marqueteiro esteve com o deputado eleito Eduardo Bolsonaro em agosto deste ano.


VOLTAR PARA O ESTADÃO