16.08.2018 | 14h50

Como anda a vaquinha

Chegamos ao início oficial da campanha eleitoral, e as vaquinhas virtuais ainda não engrenaram, se comparados os valores dessa e outras modalidades de arrecadação. O G1 mostra que os candidatos juntaram, por enquanto, R$ 1,3 milhão por financiamento coletivo, sendo que três deles concentram 90% do dinheiro.

Lula (aproximadamente R$ 594 mil), João Amoêdo (quase R$ 352 mil) e Marina Silva (pouco mais de R$ 220 mil) estão na liderança. Para comparação, o teto de gastos para cada campanha à Presidência é de R$ 70 milhões no primeiro turno. A principal fonte de renda dos partidos neste ano deve ser o fundo eleitoral.


VOLTAR PARA O ESTADÃO