12.03.2019 | 18h26

Comissão pode ter tucano contra Escola sem Partido

Após decisão acordada em reunião de líderes nesta tarde de terça, 12, o PSDB vai presidir a Comissão de Educação na Câmara. O partido, no entanto, vai indicar o deputado Pedro Cunha Lima (PB), um crítico do programa Escola sem Partido, lembra O Globo, para comandar o colegiado. A escolha do nome do filho de ex-senador Cássio Cunha Lima, diz a publicação, se deve à uma tentativa dos tucanos de mostrar que não há aderência total às pautas do governo Bolsonaro.


Mais conteúdo sobre:

Escola sem partidoPedro Cunha Lima
VOLTAR PARA O ESTADÃO