01.10.2018 | 16h05

Comédia ou terror?

“Se fosse um livro, o Orçamento Geral da União (OGU) seria uma obra de não- ficção. Ainda que não traduza literalmente da realidade, traz dados bem concretos. A dúvida é saber em que prateleira da livraria seria colocado: comédia ou terror”, escreveu Eduardo Oinegue no Globo.

Com arrecadação estimada em R$ 3,26 trilhões, se nada mudar, o futuro governo poderá mexer em apenas 3% do orçamento de 2019. Os outros 97% estão comprometidos.Para o colunista, esse cenário é fruto de travas constitucionais e infraconstitucionais até agora não enfrentadas.


VOLTAR PARA O ESTADÃO