13.11.2018 | 13h09

Começaram os arrependimentos

O senador Armando Monteiro (PTB-PE), ex-ministro da Indústria e Comércio, disse hoje que “está arrependido” por ter votado a favor do aumento do salário dos ministros do Supremo. O aumento poderá provocar efeito cascata em outros Poderes e acarretar um gasto extra de R$ 4 bilhões.

“É preciso coragem para reconhecer erros que podemos cometer. Votei no projeto com o compromisso do STF de cortes nos penduricalhos e auxílio-moradia pagos. Mas o momento foi inoportuno”, admitiu o senador. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

armando monteiroaumento do Supremo
VOLTAR PARA O ESTADÃO