08.04.2018 | 20h53

Com força política, Dyogo assume BNDES

Deslocado do Ministério do Planejamento para o comando do BNDES, Dyogo Oliveira toma posse, nessa segunda, do novo posto, no Rio. Será o terceiro chefe do banco durante a gestão de Michel Temer, sucedendo Maria Silvia Bastos Marques e Paulo Rabello de Castro. Maria Silva saiu em abril do ano passado e Paulo Rabello deixou o cargo para concorrer ao Planalto pelo PSC.

Temer vai prestigiar a posse de Dyogo, que traz na bagagem algo que os antecessores não tiveram. Terá apoio político dentro do governo, especialmente do presidente do MDB e líder do governo no Senado, Romero Jucá. /M.M.

 


Mais conteúdo sobre:

bndesDyogo OliveiraRomero Jucá
VOLTAR PARA O ESTADÃO