08.11.2018 | 11h46

Com apoio, mas sem proposta

Para o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, o governo eleito tem apoio suficiente no Congresso para aprovar uma reforma da Previdência. O que não tem, diz, é uma proposta. “Usar um Congresso velho não é fácil. Tem um governo eleito que vai tomar posse e que não tem proposta na mão”, disse.

Hartung, que deixou o MDB na quarta, 7, após 39 anos de filiação, alertou que o capital político vai se perdendo ao longo do tempo. Por isso é preciso agir rápido e é bom o novo governo tentar aprovar medidas mais profundas possíveis na Previdência.


Mais conteúdo sobre:

reforma da previdênciaPaulo Hartung
VOLTAR PARA O ESTADÃO