29.09.2018 | 14h12

Coisa de ‘menino mimado’

Geraldo Alckmin comparou Jair Bolsonaro a um “menino mimado” pelas suspeitas levantadas por ele ontem sobre a segurança da urna eletrônica e por ter dito que não aceitará o resultado da eleição se for derrotado, informa o Estadão.

Neste sábado, 29, na Lapa, o presidenciável tucano lembrou que Bolsonaro se elegeu sete vezes deputado, e em todas elas a urna funcionou. “Agora, se perder não funciona”, ironizou.


VOLTAR PARA O ESTADÃO