30.07.2018 | 06h44

Cizânia entre pais do impeachment

O apoio de Janaina Paschoal a Jair Bolsonaro expôs o afastamento entre a professora da USP e o jurista Miguel Reale Jr., que assinou o pedido de impeachment de Dilma Rousseff juntamente com ela e Hélio Bicudo. “Recebi com muita tristeza a aproximação de Janaina com Bolsonaro. Há uma contradição dele com a democracia. É impossível que qualquer democrata vote no Bolsonaro”, disse ele ao Estadão.

Reale foi orientador de Janaina no mestrado e no doutorado, mas os dois não se falam há um ano, e o rompimento é anterior ao apoio dela a Bolsonaro.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO