10.04.2018 | 09h12

Ciro topa união, pero no mucho

Contra a expansão do campo conservador, dirigentes do PCdoB, PSOL, PT e PSB participam da criação de uma frente de esquerda, informa o Estadão, capaz de atrair também o presidenciável do PDT, Ciro Gomes (CE), um dos potenciais candidatos à Presidência beneficiados com a prisão de Lula.

Ele até aceita, mas acrescenta que tem de haver uma proposta concreta. “Não se pode fazer uma reunião para afirmar um adjetivo ou negar outros. É preciso mostrar que temos uma resposta melhor do que a direita”, afirmou ele.


Mais conteúdo sobre:

Ciro GomesLula
VOLTAR PARA O ESTADÃO