21.05.2018 | 14h19

Ciro segue Boulos nas reformas

A cada dia diminuem as dúvidas sobre as reais intenções de Ciro Gomes, pré-candidato à Presidência pelo PDT, caso vença as eleições – e, ao que parece, elas não contemplam a continuidade das reformas do Estado promovidas pelo atual governo.

Em sabatina promovida pela Folha, SBT e UOL nesta segunda-feira, 21, Ciro disse que, se eleito, irá revogar duas medidas do que chama de “governo golpista”: o teto dos gastos e a reforma trabalhista, em linha com o que propõe o candidato da esquerda radical, Guilherme Boulos (PSOL). Ciro disse ainda que, antes de fazer a reforma da Previdência, quer discutir se há mesmo déficit no sistema. “É possível afirmar que não tem déficit na Previdência”, afirmou. / J.F.

 

 


 

Mais conteúdo sobre:

CiroBoulosPsolPDTReformas
VOLTAR PARA O ESTADÃO