25.02.2019 | 16h49

Ciro quer Moro esclarecendo caso Queiroz

Ciro Gomes avisou que irá protocolar uma representação ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para que sejam tomadas providências para esclarecer o envolvimento do presidente Jair Bolsonaro com Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro na Alerj, investigado por movimentações financeiras atípicas apontadas pelo Coaf e que depositou R$ 24 mil na conta da primeira-dama, Michele Bolsonaro.

“Cadê a TED desse empréstimo? Cadê o contrato? Cadê o DOC da transferência? Cadê o cheque? Qual é a origem do dinheiro para emprestar 50 mil reais para um homem que ganha 20 mil por mês. É um assunto que envolve um presidente da República que estabeleceu a decência, o moralismo, o enfrentamento à ladroeira como sua razão de ser eleito”. disse Ciro para o jornal Tribuna do Ceará.


VOLTAR PARA O ESTADÃO