21.03.2018 | 07h24

Ciro Gomes paga pela língua

Enquanto aliados de Ciro Gomes se esforçam para mostrar que o presidenciável do PDT está mais maduro e menos impulsivo, o passado recente insiste em reforçar justamente sua fama de encrenqueiro.

A Coluna do Estadão revela que Ciro foi condenado a indenizar em R$ 2o mil o vice-prefeito de João Pessoa (MDB) e ex-deputado Manoel Jr. por tê-lo chamado de “semianalfabeto, picareta e desqualificado” quando era cotado para assumir o Ministério da Saúde no lugar de seu irmão, Cid Gomes, em 2015.


Mais conteúdo sobre:

Ciro GomesEleições 2018
VOLTAR PARA O ESTADÃO