19.07.2018 | 21h17

Ciro faz ‘mea culpa’, mas pode ser tarde demais

Com o ‘Blocão’ praticamente fechado com Geraldo Alckmin, Ciro Gomes decidiu ter um rompante de humildade. Mas que pode ter surgido tarde demais. Em encontro com sindicalistas em Brasília, o pré-candidato do PDT disse que “comete erros”. Isso após o desgaste dele  com os partidos de centro ter começado justamente com as ofensas contra o vereador Fernando Holiday e a procuradora que pediu investigação por injúria racial.

“Preciso sinalizar a todos os brasileiros de boa-fé que não sou o dono da verdade, eu cometo erros. Não me custa nada reconhecer isso”, disse Ciro. Com o centrão praticamente perdido, o jeito foi sinalizar para a esquerda, criticando a atuação do TRF-4 no domingo em que Lula quase foi solto. “Como pode num domingo só tanta aberração lidando com coisas graves como a liberdade do maior líder popular do País”, complementou.


VOLTAR PARA O ESTADÃO