07.10.2018 | 21h50

Ciro: ‘Ele não, sem dúvida’

Apesar do PT ter contribuído com suas manobras (em especial o acordo para deixar o PSB) para o esvaziamento de sua candidatura, Ciro Gomes (PDT) admitiu que deve estar ao lado de Fernando Haddad contra Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno. “Ele não, sem dúvida”, disse o pedetista.

“Uma coisa eu posso adiantar logo, como vocês já viram: minha história de vida é uma história de vida de defesa da democracia e contra o fascismo”, declarou. No discurso de Haddad, o petista avisou que Ciro já entrou em contato com ele.


VOLTAR PARA O ESTADÃO