18.08.2018 | 08h52

Ciro diz que mira ‘direita’, mas bate mesmo é no PT

Todo “simpático” com Geraldo Alckmin durante o debate da Rede TV, Ciro Gomes negou que tenha planejado as “dobradinhas” com o tucano. Pelo contrário, disse que “seu alvo é a direita”. Nós temos opiniões conflitantes. Eu me posicionei contra a PEC dos gastos, ele foi favorável. O meu alvo é a direita liberal, entreguista”, afirmou.

Apesar disso quem apanhou pesado do pedetista não foi “a direita” e sim o PT e sua “chapa tríplex”. “É uma fraude grosseira e me choca que amigos queridos meus, como Haddad e Manuela, se prestem a esse papelão”, disse. “Eu fui convidado para fazer esse papelão e não aceitei. Encheram o meu saco para que eu fosse vice do Lula e depois fosse o candidato à sucessão na enganação deles. Considero uma falta de respeito com a boa fé da esmagadora maioria da população brasileira”, afirmou.


VOLTAR PARA O ESTADÃO