28.10.2018 | 07h04

Ciro decidiu bancar seu jogo

A chiadeira dos petistas contra Ciro Gomes por ele não ter declarado voto a favor de Fernando Haddad estava dentro do seu cálculo político. Na sua visão, o PT já tinha deixado claro durante a campanha que as portas para apoiá-lo para o Planalto nunca estiveram abertas. E que jamais isso aconteceria no futuro. Pior: o PT ainda trabalhou para impedir que sua candidatura deslanchasse.

Ciro não deu apenas um troco político. Ele mostrou que é irreversível seu caminho para consolidar outro tipo de proposta de centro/centro-esquerda, distinta e distante do PT. As urnas mostraram, no primeiro turno, que o antipetismo é muito forte fora do Nordeste. Ciro quer aproveitar essa brecha e se consolidar até 2022. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Ciro
VOLTAR PARA O ESTADÃO