27.02.2019 | 09h38

Cintra pede que Moro apure vazamentos

Para tentar resolver a crise institucional criada entre Receita Federal e ministros do STF, o secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, encaminhou pedido ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, para que a PF investigue o vazamento de informações relacionadas a agentes públicos que foram alvos do Fisco. Entre eles, o ministro do STF, Gilmar Mendes, e Roberta Maria Rangel, esposa do presidente do Supremo, Dias Toffoli.

Ao Estadão, Cintra afirmou que será implacável na defesa da Receita Federal e disse que o Fisco vai divulgar uma nota esclarecendo os fatos. “Estamos sofrendo um ataque à instituição Receita Federal do Brasil”, afirmou. “Os meliantes vazaram meias verdades para gerar intrigas e dissidia no governo”, disse Cintra.


VOLTAR PARA O ESTADÃO