03.01.2019 | 19h19

China quer trabalhar junto de Bolsonaro

Apesar do discurso inflamado de Jair Bolsonaro e seus ministros contra a esquerda, o líder chinês Xi Jinping não parece incomodado. Mais do que isso, ele afirmou em carta que está disposto a trabalhar junto do governo brasileiro para “desenvolver a economia dos dois países” e realizar uma cooperação “pragmática”. Na correspondência, entregue em mãos ao presidente pelo enviado especial Ji Bingxuan, Jinping diz que a base das boas relações será o respeito mútuo e que gostou de ouvir de Bolsonaro que a China é um ” grande sócio de cooperação”.


Mais conteúdo sobre:

China Jair Bolsonaro Xi Jinping
VOLTAR PARA O ESTADÃO