16.04.2018 | 13h59

‘Chicago não entende as Casas Bahia’

Ciro Gomes, falando na velocidade de uma metralhadora giratória, enfileira histórias de quando foi ministro da Fazenda e as mistura com a discussão de conceitos econômicos – muitos deles enunciados num inglês-cearense. Ele concede uma coletiva nesta segunda, em Minas.

“Chicago não entende as Casas Bahia”, repete, numa junção da escola da ortodoxia liberal norte-americana e as lojas de varejo brasileiras. O que quis dizer com isso? Algo como que o brasileiro aceita juros elevados “para levar o microondas para a casa”. / V.M.


Mais conteúdo sobre:

Ciro Gomes
VOLTAR PARA O ESTADÃO