07.08.2018 | 18h39

‘Chapa para centro acadêmico da USP’

A falta de apelo popular da chapa Fernando Haddad (PT)/Manuela D’Ávila (PC do B) preocupa setores petistas. Segundo reportagem do Globo, há temores de que Haddad, com seu jeito acadêmico e “cara de tucano”, e Manuela, com seu discurso feminista tenham dificuldade de falar com os eleitores de baixa renda.

“Essa é uma chapa ideal para disputar o centro acadêmico da USP”, ironizou um petista, na sexta-feira, 3, quando ainda não havia sido batido o martelo sobre o plano do PT. “Nosso eleitor é o pobre que está na favela, que sofre com o preço do botijão de gás. As questões de gênero são importantes, mas esse não é um tema primordial para essas pessoas no momento”, afirmou afirma outro petista. /J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO