08.01.2019 | 20h28

Cerco se fecha sobre Queiroz

Após familiares de Fabrício Queiroz faltarem a depoimento no Ministério Público do Rio, a promotoria anunciou que pode pedir a quebra de sigilo do ex-assessor de Flavio Bolsonaro e de seus familiares. “O MPRJ tem informações que permitem o prosseguimento das investigações, com a realização de outras diligências de natureza sigilosa, inclusive a quebra dos sigilos bancário e fiscal”, afirmou o MP em nota. Confira na íntegra no Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO