19.08.2018 | 11h37

Censo do IBGE ameaçado

Está “fora de cogitação” o governo federal conseguir bancar o próximo censo do IBGE da forma como ele costuma ser feito, relata o Estadão. O custo, calculado em R$ 3,4 bilhões, precisará ser reduzido, o que impõe alguns cortes para o censo de 2020. Já falta dinheiro para os preparativos da pesquisa, e o cenário para ir a campo deve piorar. Sem um posicionamento oficial do governo, o IBGE ainda não explica exatamente qual é o plano para adaptar o censo, mas uma alternativa considerada é uma pesquisa mais enxuta.


VOLTAR PARA O ESTADÃO